Resenha - Ponto de Impacto, Dan Brown

quarta-feira, novembro 20, 2019


Título: Ponto de Impacto | Autor(a): Dan Brown | Editora: Arqueiro | Ano de edição: 2014| Páginas: 448 | Classificação: ⭐⭐⭐⭐ | Comprar: Amazon 

Quando um novo satélite da NASA encontra um estranho objeto escondido nas profundezas do Ártico, a agência espacial aproveita a descoberta para contornar uma série crise econômica e de credibilidade, gerando sérias implicações para a política espacial norte-americana e, sobretudo, para a iminente eleição presidencial. Com o objetivo de verificar a autenticidade da descoberta, a Casa Branca envia a analista de Inteligência Rachel Sexton para o local. Acompanhada por uma equipe de especialistas, incluindo o carismático pesquisador Michael Tolland, Rachel se depara com indícios de uma fraude científica que ameaça abalar o planeta com uma profunda revelação. Antes que Rachel possa falar com o presidente dos Estados Unidos, ela e Michael são perseguidos por assassinos profissionais controlados por uma pessoa que é capaz de tudo para encobrir a verdade. Em uma fuga desesperada para salvar suas vidas, a única chance de sobrevivência para Rachel e Michael é desvendar a identidade de quem se esconde por trás de uma conspiração sem precedentes.


Tenho vários livros do autor Dan Brown em minha estante, já havia pego uma outra obra para ler, mas não sei por qual motivo sempre deixava de lado para ler alguma outra coisa, depois que fiz uma publicação em meu instagram literário (@paginadaleitura), recebi inúmeras mensagens para ler Ponto de Impacto e finalmente resolvi da uma chance de vez ao autor, me surpreendi, gostei bastante da história. 

Neste volume acompanhamos toda a trajetória de Rachel Sexton, analista da NRO (Escritório de Reconhecimento Nacional), numa descoberta que vai mudar os rumos da ciência. A história se passa durante uma campanha presidencial entre o Senador Sedewick Sexton, pai da protagonista, e o atual presidente Zachary Herney.

Como a Rachel trabalha para o governo, é convidada pelo presidente, oponente de seu pai, para viajar ao Àrtico para comprovar uma descoberta importante da NASA, lá Rachel descobre juntamente com alguns de seus colegas uma conspiração que pode derrubar o presidente e a NASA. Por conta dessa descoberta ela e seus colegas são perseguidos por matadores profissionais e ela se vê com duas missões, tentar sobreviver e chegar a tempo para desmascarar toda a conspiração. 

Apesar de alguns momentos sentir que estava sendo muito repetitivo, demorando para realmente acontecer o que deveria, gostei bastante da história, a escrita do autor e a construção dos personagens. Pretendo pegar logo outro volume do autor para ler, qual será o meu próximo? :) 

Você também pode gostar

0 comentários

Tradutor