RESENHA - UMA PROVA DE AMOR, EMILLY GIFFIN


Título: Uma Prova de Amor | Autor(a): Emilly Giffin | Editora: Novo Conceito| ISBN: 9788581630212 | Ano: 2013 | Páginas: 432 | Classificação: 4/5  | Comprar:  Saraiva  

SINOPSE: Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois... os filhos. Não é assim? Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos? Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.

A Emilly Giffin é uma autora que escreve muito bem os seus livros, cria personagens com personalidade fortes, reais e cativantes. Esse é o terceiro livro da autora que eu leio, apesar de ter vários na estante. 

O livro tem foco na história da Claudia Parr, personagem com uma confiança extraordinária sobre o que realmente quer e a maior certeza da vida dela é que não quer ter filhos, por esse motivo Claudia nunca teve "sorte" na vida amorosa já que quando falava que não queria filhos, seus relacionamentos chegavam ao fim. Isso mudou quando encontrou Ben que tinha os mesmos desejos e objetivos que Claudia, ele também não desejava ter filhos e os dois tinham uma conexão muito forte.

O livro não deixa um motivo em especifico sobre o porque os personagens não desejam ter filhos, a Claudia tem vários traumas na verdade, um deles é o medo de ter uma péssima mãe como a dela foi para ela. Outro motivo não é bem trauma, mas o medo de sua vida mudar para pior depois que tiver um bebê, ela tem um ótimo cargo como editora em NY e é muito bem-sucedida. Depois de anos de casados, Ben e Claudia se encontram com conflitos que podem mudar todo o rumo de suas vidas e com isso se vêem no fogo cruzado em que vão precisar tirar a prova sobre até onde se pode ir por amor, se estão dispostos a abrir mão de seus desejos e sonhos para serem felizes como casal. 

É um livro que apesar dos conflitos também é divertido e que nos trás sentimentos mútuos, nos pegamos avaliando os motivos de cada um deles para as atitudes tomadas, uma hora apoiando e outra com vontade de puxar a orelha, mas sempre torcendo por um final feliz. 

Sobre o final confesso que eu esperava um pouco mais, até pesquisei se teria um segundo volume pois fiquei com o sentimento de que foi muito mal finalizado. Se vocês souberem sobre uma possível continuação do mesmo me contem nos comentários pois eu não achei nada sobre. Só o final mesmo que deixou a desejar, o restante da história foi muito maravilhosa e recomendo bastante. Já inclusive escolhi minha próxima leitura da mesma autora e em breve resenha para vocês. 

Um comentário:

  1. Oi, Lidiane!

    Nunca li obra da autora, mas já ouvi falar muito bem dos seus livros e da sua escrita. Fiquei curiosa pra saber sobre os conflitos que o casal vai enfrentar depois de terem concordado que não queriam filhos, e como eles irão resolver a situação

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir